Este processo envolve a montagem de vários componentes dentro de uma linha de montagem industrial. O objectivo é conseguir módulos portáteis habitáveis que posteriormente serão transportados e terminados em sua localização final.

A partir destes módulos se podem fazer várias configurações de edifícios muito eficientes em prazos mais curtos do que os de construções convencionais. Seus usos podem ser residencial, comercial, de serviços públicos, etc..